english
BetterGlobeTrees.com - Juntos criamos mudança social no leste da África
Você gostaria de ajudar pessoas?
Árvores comerciais Melia volkensii e Acacia senegal
Árvores comerciais Melia volkensii e Acacia senegal

Árvores resistentes à seca plantadas pela Better Globe Forestry Ltd em sequeiros do Quênia para impacto social e ambiental

A Better Globe Forestry Ltd planta no Quênia uma variedade de espécies de árvores, principalmente árvores resistentes à seca. Neste artigo, nos concentramos nas duas espécies de árvores que são de interesse comercial para os +37.000 clientes ao redor do mundo que compram árvores e Pacotes de Doação da empresa norueguesa Better Globe AS.

As árvores principalmente responsáveis pela geração de um retorno econômico aos clientes através de agroflorestamento sustentável são Melia volkensii, também conhecida como Mukau e como um tipo de mogno africano, e a Acacia senegal, também conhecida como a árvore da goma arábica.

Outras espécies de árvores notáveis são a árvore Neem (Azadirachta indica ) e as árvores de manga, principalmente da variedade africana de manga-maçã. Na fazenda de treinamento em Kibwezi, no Quênia, conhecida como Mukuyu Farm, a Better Globe Forestry também produz espécies de plantas de forragem para gado resistentes à seca e uma variedade de outras plantas e árvores.

Quando visitamos a fazenda em 2011, até me lembro de ver uma árvore de Marula e as atividades de apicultura que vimos continuam até hoje. Na fazenda, eles também produzem bio-pesticidas da árvore de Neem e apresentam aos agricultores uma ampla gama de soluções, incluindo a fabricação de composto, que os agricultores podem implementar para aumentar sua produção em terra seca.

A Better Globe Forestry doa árvores para agricultores, e os clientes que compram o Pacote de Doação Better Globe ajudam nisso e também contribuem com água e microcrédito inclusos na doação. As árvores doadas consistem, principalmente, de Mukau, mas podem variar, dependendo das necessidades e disponibilidade. Parte do Green Initiative Challenge (Desafio de Iniciativa Verde) com a Kengen Foundation e Bamburi Cement Ltd, árvores frutíferas e castanheiras também são doadas para escolas de distritos selecionados no Quênia.

Continue lendo para conhecer as informações técnicas fornecidas pela Better Globe sobre as duas principais espécies de interesse comercial para os clientes ao redor do mundo. Nós também adicionamos algumas informações de saúde à descrição do uso da árvore de Goma arábica, como uma curiosidade saudável.

Melia Volkensii (mukau) - Mogno africano

Descrição

Família: Meliaceae (uma família tropical).

Cultivo: Uma árvore de médio porte, de até 20 metros de altura, com um tronco reto.

Destaque de identificação: Folhagem verde-clara.

Flores: Panículas brancas.

Folhas: Pétalas compostas.

Árvores e mudas de Mukau na plantação da Better Globe Forestry em Kiambere, Quênia.

Árvores e mudas de Mukau na plantação da Better Globe Forestry em Kiambere, Quênia. Além das 1 milhão de árvores que foram plantadas entre 2005 e o início de 2017, outras 600.000 mudas estão prontas para a temporada de chuvas e mais 400.000 se juntarão a elas antes do ano terminar. Foto cortesia da Better Globe Media.

Ecologia

Origem: Indígena da África Oriental (Quênia, Tanzânia, Somália, Etiópia).

Clima: Áreas quentes e secas.

Solo: Principalmente solos leves e médios.

Sistema radicular: Raiz principal profunda e raízes laterais de longo alcance para a obtenção de umidade e nutrientes do solo.

Altitude: 400-1.650 metros do nível do mar.

Tempo de vida: 15-20 anos comercialmente, 30-40 anos biologicamente.

Tratamento especial: Precisa de poda intensiva em seus primeiros anos.

Produtos, produção, usos, valor

Produtos: Mogno de alta qualidade, pode ser usado a céu aberto.

Uso: Mobilias, parquet, portas, caixilhos de janelas, mobilia para barcos, etc.

Produção: Uma árvore de 20 anos contém cerca de ⅓ m3 de madeira.

Preço (2017) - Madeira sêca em estufa: FOB 1.000 euro/m3 FOB - Free On Board.

Prospecção de mercado: Madeiras tropicais cultivadas de forma sustentável têm excelentes perspectivas de mercado, uma vez que o abastecimento de madeira vinda das florestas tropicais diminuirá devido à sobreexploração, à pressão política (aquecimento global) e ao aumento do distanciamento.

- Encontre mais detalhes sobre as perspectivas de mercado para a madeira tropical sustentável Melia volkensii: https://www.better-globe-trees.com/portugues/riscos-investimento-arvores.php#queda-demanda-preco

Acacia Senegal - Árvore da Goma Arábica

Descrição

Família: Mimosoideae (leguminosas, fixação de nitrogênio).

Cultivo: Árvore pequena, geralmente não mais alta que 10 metros.

Destaque de identificação: Espinhas, crescendo três e três, onde os dois lados exteriores para cima e o meio apontam para baixo.

Flores: Espigões cor-de-creme.

Folhas: Pétalas finas de estilo acácia.

Goma de uma das árvores Acacia Senegal na plantação da Better Globe Forestry em Kiambere, Quênia

Goma de uma das árvores Acacia Senegal na plantação da Better Globe Forestry em Kiambere, Quênia - Veja no Google Maps

Ecologia

Origem: Indígena da África subsaariana, e das penínsulas árabe e indiana.

Clima: Áreas quentes e secas.

Solo: Principalmente colinas rochosas ou solos arenosos secos. Algumas variedades preferem solos de argila pesada.

Sistema radicular: Raiz principal profunda e raízes laterais de longo alcance para a obtenção de umidade e nutrientes do solo.

Altitude: 0-1.900 metros do nível do mar.

Tempo de vida: 25-30 anos.

Produtos, produção, usos, valor

Produtos: Goma Arábica.

Uso: Amplamente utilizado na indústria alimentícia, impressão e farmacêutica, como emulsionante (refrigerantes), estabilizador (espuma em cervejas, produtos lácteos, transportador para encapsulamento). Como um suplemento prebiótico fibra de Acacia que é extraída da seiva da árvore e rica em fibras solúveis. A fibra de acácia solúvel é conhecida por melhorar a saúde intestinal, melhorando a composição da microbiota intestinal, além de fornecer outros benefícios potenciais para a saúde, como reduzir o colesterol e auxiliar no tratamento da síndrome do intestino irritável (IBS).

Produção: A primeira produção é esperada por volta do ano 5. De 0,5 a 3 kg de goma arábica árvore/ano (alcançando o pico entre os anos 7 ao 12).

Preço (2017) - Goma não-processada (limpa, graduada, fracionada): 2-4 Euros/kg pela qualidade premium do Sudão, a mais bem cotada no mercado internacional.

Goma processada (sêca por pulverização): 3-6 Euros/kg.

Compartilhe esta página verde

Saiba mais sobre Melia volkensii com o World Agroforestry Center

Siga ArvoresBetterGlobe no Facebook